Para muitos profissionais, têm sido um grande desafio conciliar home office, filhos, animais de estimação e as tarefas de casa neste isolamento coletivo.

No entanto, para que a rotina de trabalho seja cumprida de forma tranquila e ao mesmo tempo o ambiente familiar seja mantido de forma saudável, é preciso organização, atenção e ajuda.

Pensando nisso, separamos algumas dicas para te ajudar com a produtividade e gerenciamento dos tempos.

1. Tenha um plano de atividades e horários
Em casa não há horários definidos para começar, fazer as refeições e ir embora. Para facilitar, organize uma agenda com as tarefas e compromissos que precisa realizar diariamente – sejam profissionais ou pessoais.

As crianças também precisam saber o que vai acontecer durante o dia, explique suas atividades.

2. Horário do expediente
Trabalhar em casa exige organização. Por isso, organize sua agenda e seu horário de trabalho e tente priorizar os momentos com os pequenos e as brincadeiras com os animais de estimação. Se puder ter horários flexíveis, aproveite para trabalhar enquanto as crianças estão brincando ou dormindo, por exemplo.

3. Local de trabalho definido
É importante ter um espaço da casa dedicado e adaptado para isso. Improvisos podem prejudicar o seu rendimento, pois assim as distrações e interrupções serão mais frequentes. O ideal é que o local seja organizado e silencioso. Ah! Não passe o dia de pijama, vestir-se com roupa que usaria no escritório é um sinal para a criança que o momento é de trabalho.

4. Divisão de tarefas
Contar com alguém para dividir os cuidados com as crianças, pets e tarefas da casa é essencial para que você consiga administrar melhor seu tempo e obrigações. As crianças maiores também devem ajudar.

5. Reserve um tempo
Ao organizar sua agenda, tente priorizar os momentos com os pequenos e as brincadeiras com os animais de estimação. Saiba que horários flexíveis podem ser até mais produtivos.

6. Distrações para os pequenos
Estimular que a criança brinque sozinha com limites, por um período de tempo também é uma brecha para focar no trabalho. Mesmo próximo a você, ela pode fazer um desenho, brincar com massinha, ler um gibi, um livrinho. Isso vai construindo a habilidade de ficar sozinha. Importante que estes momentos sejam sem o uso de celular, tablet, tv…). Nos momentos livres, você pode criar brincadeiras, ver filmes ou outra atividade diferente.

7. Educação domiciliar
Muitas escolas vem disponibilizando conteúdos para os pequenos de forma remota. Essa nova rotina também tem sido um grande desafio para os pais, muitas vezes sobrecarregados. A dica é incluir as atividades na agenda, ter paciência e aproveitar para fortalecer os laços familiares.

Por fim, não se cobre demais em cumprir o planejamento e as regras que valiam na rotina de antes do isolamento. Adapte-se! Este momento que vivemos é uma situação atípica e em breve tudo voltará ao normal.