Inúmeras recomendações para evitar o contágio e se prevenir do coronavírus são informadas diariamente, inclusive a importância de uma alimentação mais saudável.

Saiba que não existe um alimento específico que auxilia o nosso sistema imunológico a funcionar melhor. A imunidade é uma construção. Por exemplo, temos alimentos com poder anti-inflamatório e antioxidante como as vitaminas e os minerais e que agem como combustíveis para as nossas células – entre elas, as de defesa. E se tivermos uma alimentação equilibrada, ingerir bastante água e fazer atividades físicas moderadas vamos ter um bom sistema imunológico.

É bom ressaltar que isso não impede o contágio do vírus, mas ajuda o corpo a estar pronto para enfrentar a doença. Com a imunidade alta, uma pessoa tem mais chances de reduzir os sintomas e impedir a piora do quadro e se recuperar com rapidez.

Ao pensar nos ingredientes para as refeições saudáveis, não esqueça de incluir:

– Frutas cítricas: São ricas em vitamina C e também tem fibras, que estimulam a resistência a infecções.

– Verduras: Brócolis, couve e outros vegetais verde escuro também são ricos em vitamina C.

– Legumes: Ótimos aliados para o aumento da imunidade. Isso porque o betacaroteno, um antioxidante presente nesses alimentos, combate infecções e estimula as células imunológicas.

– Grãos: Fornecem vitamina B, importantes para o metabolismo energético, e ferro, que age na manutenção do sistema. Principalmente feijão, soja, grãos de bico e ervilha.

– Oleaginosas: Amêndoas, castanhas e nozes são fontes de zinco, nutriente crucial para o bom funcionamento.

– Leite: contribui como fonte de proteínas que repõe as energias nas células.

– Carnes vermelhas e brancas: Ricas em proteínas e minerais como o zinco.

– Gengibre: Contribui para a defesa do organismo por conter ação bacteriana, assim como as vitaminas B6 e C.

– Mel: contém substâncias que agem como antibióticos naturais, agindo de forma bactericida e antisséptica. É recomendado no tratamento de problemas pulmonares e da garganta, só não deve ser fervido para não perder suas propriedades.

– Alho: a alicina, principal componente, possui ação anti-inflamatória e anti-infecciosa. O ideal é consumir o alimento cru, pois o calor pode desativar os seus compostos.

– Iogurte natural: Rico em lactobacilos e propriedades probióticas, além de melhorar a flora intestinal.